Atos do Poder Executivo


 


DECRETOS NUMERADOS


 

DECRETO Nº 19.915 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Altera o Decreto nº 19.586, de 27 de março de 2020, na forma que indica, e dá outras providências.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso da atribuição que lhe confere o inciso V do art. 105 da Constituição Estadual,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - O Anexo I do Decreto nº 19.586, de 27 de março de 2020, passa a vigorar acrescido do Município de Ibiassucê, na forma do Anexo I deste Decreto.

 

Art. 2º - Ficam suspensas, a partir da primeira hora do dia 16 de agosto de 2020, a circulação e a saída, e, a partir da nona hora do dia 16 de agosto de 2020, a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans, no Município de Ibiassucê, até o dia 30 de agosto de 2020.

 

Art. 3º - O Anexo I do Decreto nº 19.586, de 27 de março de 2020, passa a vigorar com a supressão dos Municípios de Brotas de Macaúbas e Rio do Pires, na forma do Anexo II deste Decreto, haja vista transcorridos 14 (quatorze) dias ou mais sem novos casos de COVID-19 confirmados nestes Municípios ou nos Municípios integrantes das suas zonas de impacto sanitário, fruto da efetividade da adoção da política de isolamento.

 

Parágrafo único - O Anexo II do Decreto nº 19.586, de 27 de março de 2020, passa a vigorar na forma do Anexo II deste Decreto.

 

Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Edelvino da Silva Góes Filho

Secretário da Administração

 

Walter de Freitas Pinheiro

Secretário do Planejamento

Manoel Vitório da Silva Filho

Secretário da Fazenda

 

Maurício Teles Barbosa

Secretário da Segurança Pública

Jerônimo Rodrigues Souza

Secretário da Educação

 

Fábio Vilas-Boas Pinto

Secretário da Saúde

João Leão

Secretário de Desenvolvimento Econômico

 

Carlos Martins Marques de Santana

Secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social

Arany Santana Neves Santos

Secretária de Cultura

 

João Carlos Oliveira da Silva

Secretário do Meio Ambiente

Lucas Teixeira Costa

Secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura

 

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

Davidson de Magalhães Santos

Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte

 

Nelson Vicente Portela Pellegrino

Secretário de Desenvolvimento Urbano

Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro

Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação

 

Marcus Benício Foltz Cavalcanti

Secretário de Infraestrutura

Julieta Maria Cardoso Palmeira

Secretária de Políticas para as Mulheres

 

Fabya dos Reis Santos

Secretária de Promoção da Igualdade Racial

Jonival Lucas da Silva Junior

Secretário de Relações Institucionais em exercício

 

Josias Gomes da Silva

Secretário de Desenvolvimento Rural

André Nascimento Curvello

Secretário de Comunicação Social

 

Fausto de Abreu Franco

Secretário de Turismo

Nestor Duarte Guimarães Neto

Secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização

 


ANEXO I

 


1.                 

Abaíra

2.                 

Abaré

3.                 

Acajutiba

4.                 

Adustina

5.                 

Água Fria

6.                 

Aiquara

7.                 

Alcobaça

8.                 

Almadina

9.                 

Amargosa

10.             

Anagé

11.             

Andaraí

12.             

Andorinha

13.             

Angical

14.             

Anguera

15.             

Antas

16.             

Antônio Gonçalves

17.             

Aporá

18.             

Apuarema

19.             

Aracatu

20.             

Araci

21.             

Arataca

22.             

Aurelino Leal

23.             

Baianópolis

24.             

Baixa Grande

25.             

Banzaê

26.             

Barra

27.             

Barra do Choça

28.             

Barra do Mendes

29.             

Barra do Rocha

30.             

Barreiras

31.             

Barro Alto

32.             

Barro Preto

33.             

Barrocas

34.             

Belmonte

35.             

Belo Campo

36.             

Biritinga

37.             

Boa Nova

38.             

Boa Vista do Tupim

39.             

Bom Jesus da Lapa

40.             

Bom Jesus da Serra

41.             

Boninal

42.             

Bonito

43.             

Boquira

44.             

Brejões

45.             

Brejolândia

46.             

Brumado

47.             

Buerarema

48.             

Buritirama

49.             

Caatiba

50.             

Cabaceiras do Paraguaçu

51.             

Caculé

52.             

Caetanos

53.             

Caetité

54.             

Cafarnaum

55.             

Caldeirão Grande

56.             

Camacã

57.             

Camamu

58.             

Campo Alegre de Lourdes

59.             

Campo Formoso

60.             

Canarana

61.             

Canavieiras

62.             

Candeal

63.             

Candiba

64.             

Cândido Sales

65.             

Cansanção

66.             

Canudos

67.             

Capela do Alto Alegre

68.             

Capim Grosso

69.             

Caraíbas

70.             

Caravelas

71.             

Cardeal da Silva

72.             

Carinhanha

73.             

Casa Nova

74.             

Castro Alves

75.             

Catolândia

76.             

Central

77.             

Chorrochó

78.             

Cícero Dantas

79.             

Cipó

80.             

Coaraci

81.             

Cocos

82.             

Conceição do Coité

83.             

Conde

84.             

Condeúba

85.             

Contendas do Sincorá

86.             

Cordeiros

87.             

Coribe

88.             

Coronel João Sá

89.             

Correntina

90.             

Cotegipe

91.             

Cravolândia

92.             

Crisópolis

93.             

Cristópolis

94.             

Curaçá

95.             

Dário Meira

96.             

Dom Basílio

97.             

Elísio Medrado

98.             

Encruzilhada

99.             

Entre Rios

100.         

Esplanada

101.         

Euclides da Cunha

102.         

Eunápolis

103.         

Fátima

104.         

Feira da Mata

105.         

Filadélfia

106.         

Firmino Alves

107.         

Floresta Azul

108.         

Formosa do Rio Preto

109.         

Gandu

110.         

Gavião

111.         

Gentio do Ouro

112.         

Glória

113.         

Gongogi

114.         

Guajeru

115.         

Guanambi

116.         

Guaratinga

117.         

Heliópolis

118.         

Iaçu

119.         

Ibiassucê

120.         

Ibicaraí

121.         

Ibicuí

122.         

Ibipeba

123.         

Ibipitanga

124.         

Ibirapitanga

125.         

Ibirapuã

126.         

Ibirataia

127.         

Ibititá

128.         

Ibotirama

129.         

Ichu

130.         

Igaporã

131.         

Igrapiúna

132.         

Iguaí

133.         

Ilhéus

134.         

Inhambupe

135.         

Ipiaú

136.         

Ipirá

137.         

Irajuba

138.         

Iramaia

139.         

Iraquara

140.         

Irecê

141.         

Itabela

142.         

Itaberaba

143.         

Itabuna

144.         

Itacaré

145.         

Itaetê

146.         

Itagi

147.         

Itagibá

148.         

Itagimirim

149.         

Itaguaçu da Bahia

150.         

Itaju do Colônia

151.         

Itajuípe

152.         

Itamaraju

153.         

Itamari

154.         

Itambé

155.         

Itanhém

156.         

Itapé

157.         

Itapebi

158.         

Itapetinga

159.         

Itapicuru

160.         

Itapitanga

161.         

Itaquara

162.         

Itarantim

163.         

Itatim

164.         

Itiruçu

165.         

Itiúba

166.         

Itororó

167.         

Ituaçu

168.         

Ituberá

169.         

Iuiu

170.         

Jaborandi

171.         

Jacaraci

172.         

Jacobina

173.         

Jaguaquara

174.         

Jaguarari

175.         

Jandaíra

176.         

Jequié

177.         

Jeremoabo

178.         

Jiquiriçá

179.         

Jitaúna

180.         

João Dourado

181.         

Juazeiro

182.         

Jucuruçu

183.         

Jussara

184.         

Jussari

185.         

Jussiape

186.         

Lafaiete Coutinho

187.         

Lagoa Real

188.         

Laje

189.         

Lajedão

190.         

Lajedinho

191.         

Lajedo do Tabocal

192.         

Lamarão

193.         

Lapão

194.         

Lençóis

195.         

Licínio de Almeida

196.         

Livramento de Nossa Senhora

197.         

Luís Eduardo Magalhães

198.         

Macajuba

199.         

Macarani

200.         

Macaúbas

201.         

Macururé

202.         

Maetinga

203.         

Maiquinique

204.         

Mairi

205.         

Malhada

206.         

Malhada de Pedras

207.         

Manoel Vitorino

208.         

Mansidão

209.         

Maracás

210.         

Maraú

211.         

Marcionílio Souza

212.         

Mascote

213.         

Matina

214.         

Medeiros Neto

215.         

Miguel Calmon

216.         

Milagres

217.         

Mirangaba

218.         

Mirante

219.         

Monte Santo

220.         

Morpará

221.         

Morro do Chapéu

222.         

Mortugaba

223.         

Mucugê

224.         

Mucuri

225.         

Mulungu do Morro

226.         

Mundo Novo

227.         

Muquém do São Francisco

228.         

Mutuípe

229.         

Nilo Peçanha

230.         

Nordestina

231.         

Nova Canaã

232.         

Nova Fátima

233.         

Nova Ibiá

234.         

Nova Itarana

235.         

Nova Redenção

236.         

Nova Soure

237.         

Nova Viçosa

238.         

Novo Triunfo

239.         

Olindina

240.         

Oliveira dos Brejinhos

241.         

Ouriçangas

242.         

Ourolândia

243.         

Palmas de Monte Alto

244.         

Palmeiras

245.         

Paramirim

246.         

Paratinga

247.         

Paripiranga

248.         

Pau Brasil

249.         

Paulo Afonso

250.         

Pé de Serra

251.         

Pedro Alexandre

252.         

Piatã

253.         

Pilão Arcado

254.         

Pindaí

255.         

Pindobaçu

256.         

Pintadas

257.         

Piraí do Norte

258.         

Piripá

259.         

Piritiba

260.         

Planaltino

261.         

Planalto

262.         

Poções

263.         

Ponto Novo

264.         

Porto Seguro

265.         

Potiraguá

266.         

Prado

267.         

Presidente Dutra

268.         

Presidente Jânio Quadros

269.         

Presidente Tancredo Neves

270.         

Queimadas

271.         

Quijingue

272.         

Quixabeira

273.         

Rafael Jambeiro

274.         

Remanso

275.         

Retirolândia

276.         

Riachão das Neves

277.         

Riachão do Jacuípe

278.         

Riacho de Santana

279.         

Ribeira do Amparo

280.         

Ribeira do Pombal

281.         

Rio de Contas

282.         

Rio do Antônio

283.         

Rio Real

284.         

Ruy Barbosa

285.         

Salinas da Margarida

286.         

Santa Bárbara

287.         

Santa Brígida

288.         

Santa Cruz Cabrália

289.         

Santa Cruz da Vitória

290.         

Santa Inês

291.         

Santa Luzia

292.         

Santa Maria da Vitória

293.         

Santa Rita de Cássia

294.         

Santa Teresinha

295.         

Santaluz

296.         

Santana

297.         

Santanópolis

298.         

São Desidério

299.         

São Domingos

300.         

São Félix do Coribe

301.         

São Gabriel

302.         

São José da Vitória

303.         

São José do Jacuípe

304.         

São Miguel das Matas

305.         

Sapeaçu

306.         

Sátiro Dias

307.         

Saúde

308.         

Seabra

309.         

Senhor do Bonfim

310.         

Sento Sé

311.         

Serra do Ramalho

312.         

Serra Dourada

313.         

Serra Preta

314.         

Serrinha

315.         

Serrolândia

316.         

Sítio do Mato

317.         

Sítio do Quinto

318.         

Sobradinho

319.         

Souto Soares

320.         

Tanhaçu

321.         

Tanque Novo

322.         

Tanquinho

323.         

Taperoá

324.         

Tapiramutá

325.         

Teixeira de Freitas

326.         

Teofilândia

327.         

Teolândia

328.         

Terra Nova

329.         

Tremedal

330.         

Tucano

331.         

Uauá

332.         

Ubaíra

333.         

Ubaitaba

334.         

Ubatã

335.         

Uibaí

336.         

Umburanas

337.         

Una

338.         

Urandi

339.         

Uruçuca

340.         

Utinga

341.         

Valença

342.         

Valente

343.         

Várzea da Roça

344.         

Várzea do Poço

345.         

Várzea Nova

346.         

Varzedo

347.         

Vereda

348.         

Vitória da Conquista

349.         

Wagner

350.         

Wanderley

351.         

Wenceslau Guimarães

352.         

Xique-Xique


ANEXO II

 


1.                   

Alagoinhas

2.                   

Amélia Rodrigues

3.                   

América Dourada

4.                   

Antônio Cardoso

5.                   

Araçás

6.                   

Aramari

7.                   

Aratuípe

8.                   

Barra da Estiva

9.                   

Botuporã

10.               

Brotas de Macaúbas

11.               

Cachoeira

12.               

Caém

13.               

Cairu

14.               

Camaçari

15.               

Candeias

16.               

Catu

17.               

Caturama

18.               

Conceição da Feira

19.               

Conceição do Almeida

20.               

Conceição do Jacuípe

21.               

Coração de Maria

22.               

Cruz das Almas

23.               

Dias d’Ávila

24.               

Dom Macedo Costa

25.               

Érico Cardoso

26.               

Feira de Santana

27.               

Governador Mangabeira

28.               

Ibicoara

29.               

Ibiquera

30.               

Ibitiara

31.               

Ipecaetá

32.               

Ipupiara

33.               

Irará

34.               

Itanagra

35.               

Itaparica

36.               

Jaguaripe

37.               

Lauro de Freitas

38.               

Madre de Deus

39.               

Maragogipe

40.               

Mata de São João

41.               

Muniz Ferreira

42.               

Muritiba

43.               

Nazaré

44.               

Novo Horizonte

45.               

Pedrão

46.               

Pojuca

47.               

Ribeirão do Largo

48.               

Rio do Pires

49.               

Rodelas

50.               

Salvador

51.               

Santo Amaro

52.               

Santo Antônio de Jesus

53.               

Santo Estêvão

54.               

São Felipe

55.               

São Félix

56.               

São Francisco do Conde

57.               

São Gonçalo dos Campos

58.               

São Sebastião do Passé

59.               

Saubara

60.               

Sebastião Laranjeiras

61.               

Simões Filho

62.               

Tabocas do Brejo Velho

63.               

Teodoro Sampaio

64.               

Vera Cruz


 

 

DECRETO Nº 19.916 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Altera o Decreto nº 9.519, de 18 de agosto de 2005, que instituiu o Fórum Baiano de Mudanças Climáticas Globais e de Biodiversidade.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso da atribuição que lhe confere o inciso V do art. 105 da Constituição Estadual,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - O Decreto nº 9.519, de 18 de agosto de 2005, passa a vigorar com as seguintes alterações:

 

Art. 1º - Fica instituído o Fórum Baiano de Mudanças Climáticas, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, a ser composto por representantes dos seguintes órgãos e entidades:

 

I - Secretaria de Meio Ambiente - SEMA;

 

II - Casa Civil;

 

III - Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI; 

 

IV - Secretaria de Infraestrutura - SEINFRA; 

 

V - Secretaria de Desenvolvimento Econômico - SDE;

 

VI - Secretaria de Desenvolvimento Urbano - SEDUR; 

 

VII - Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura - SEAGRI; 

 

VIII - Secretaria do Planejamento - SEPLAN; 

 

IX - Secretaria de Desenvolvimento Rural - SDR;

 

X - Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento - SIHS;

 

XI - Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - INEMA;

 

XII - Companhia de Gás da Bahia - BAHIAGÁS; 

 

XIII - Ministério Público Estadual;

 

XIV - Marinha do Brasil.

 

§ 1º - Poderá ainda integrar o Fórum Baiano de Mudanças Climáticas 01 (um) representante de cada uma das seguintes entidades: 

 

I - União dos Municípios da Bahia - UPB; 

 

II - Federação das Indústrias do Estado da Bahia - FIEB; 

 

III - Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia - FAEB; 

 

IV - Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares no Estado da Bahia - FETAG-BA;

 

V - Universidade Federal da Bahia - UFBA; 

 

VI - Universidade do Estado da Bahia - UNEB;

 

VII - Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia - COELBA; 

 

VIII - Associação Brasileira de Energia Eólica - ABEEÓLICA; 

 

IX - Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica - ABSOLAR;

 

X - Associação Baiana das Empresas de Base Florestal - ABAF;

 

XI - Associação Brasileira dos Produtores de Ferroligas e de Silício Metálico - ABRAFE;

 

XII - Central Única dos Trabalhadores - CUT;

 

XIII - Conselho Estadual de Meio Ambiente - CEPRAM;

 

XIV - Conselho Estadual de Recursos Hídricos - CONERH.

 

§ 2º - O Fórum Baiano de Mudanças Climáticas será presidido pelo Secretário do Meio Ambiente. 

 

§ 3º - A SEMA exercerá a Secretaria Geral do Fórum Baiano de Mudanças Climáticas.

 

§ 4º - O INEMA exercerá a Vice-Presidência Executiva do Fórum Baiano de Mudanças Climáticas.

 

§ 5º - A SECTI exercerá a Vice-Presidência de Relações Institucionais do Fórum. 

 

§ 6º - Os membros titulares do Fórum Baiano de Mudanças Climáticas e seus respectivos suplentes serão nomeados pelo Chefe do Poder Executivo, em conformidade com indicação dos órgãos e entidades relacionadas neste artigo. 

 

§ 7º - O Fórum Baiano de Mudanças Climáticas poderá decidir sobre a inclusão de outros órgãos e de outras entidades públicas, privadas ou da sociedade civil na sua composição. 

 

§ 8º - Em casos específicos e quando se fizer necessário, serão convidados representantes de entidades federais, estaduais e municipais, especialistas na área ambiental, bem como representantes de outros segmentos interessados, para participar das reuniões do Fórum.

 

§ 9º - A participação no Fórum Baiano de Mudanças Climáticas é considerada de relevante interesse público e não enseja qualquer tipo de remuneração.” (NR)

 

Art. 2º - O Fórum Baiano de Mudanças Climáticas terá as seguintes atribuições:

 

I - promover a estruturação e a implementação do Plano de Mudanças Climáticas, no âmbito do Estado, com a finalidade de subsidiar a elaboração e execução de políticas públicas relacionadas ao tema; 

 

II - promover a elaboração de Relatório Estadual de Biodiversidade, bem como a elaboração dos respectivos indicadores da situação da biodiversidade existente no Estado da Bahia, de acordo com as práticas adotadas nacional e internacionalmente; 

 

III - mobilizar e conscientizar a sociedade baiana a respeito da conservação da diversidade biológica, com a finalidade de subsidiar a elaboração e implementação de políticas públicas relacionadas ao tema, além de outras iniciativas públicas ou privadas concernentes a esse objetivo; 

 

IV - facilitar a interação entre a sociedade civil e o poder público, para promover a internalização do tema nas esferas de atuação dos atores sociais relevantes, tais como as Secretarias de Estado, Autarquias e Fundações Estaduais e Municipais, as Prefeituras, os setores empresarial e acadêmico, a sociedade civil organizada e os meios de comunicação social; 

 

V - estimular a cooperação entre governos, organismos internacionais, agências multilaterais, organizações não-governamentais internacionais e entidades baianas no campo das mudanças climáticas globais e da diversidade biológica; 

 

VI - apoiar a obtenção de financiamentos nacionais e internacionais para aplicação em programas e ações no Estado relacionados às mudanças climáticas e à diversidade biológica; 

 

VII - estimular a participação das entidades baianas nas Conferências das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima e dos acordos internacionais sobre mudanças do clima e nas conferências das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica da Organização das Nações Unidas;  

 

VIII - estimular a incorporação da dimensão climática no processo decisório relativo às políticas setoriais que se relacionem com emissões e sequestro de gases de efeito estufa, bem como estimular a adoção de práticas e tecnologias mitigadoras das emissões dos referidos gases, de modo a assegurar a competitividade da economia; 

 

IX - colaborar com a elaboração de normas para a instituição de uma Política Estadual de Mudanças Climáticas e de Biodiversidade, em articulação com outras políticas públicas correlatas; 

 

X - apoiar e facilitar a realização de estudos, pesquisas e ações de educação e capacitação nos temas relacionados às Mudanças Climáticas, com particular ênfase na execução de inventários de emissões e sumidouros, bem como na identificação das vulnerabilidades decorrentes do aumento médio da temperatura do planeta previsto pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas - IPCC, visando à promoção de medidas de adaptação e de mitigação;

 

XI - colaborar com a internalização da dimensão da sustentabilidade no processo decisório relativo às políticas setoriais que se relacionem com o uso da biodiversidade e seus componentes, bem como estimular ações de monitoramento, prevenção e mitigação dos impactos de projetos sobre a biodiversidade; 

 

XII - estimular o setor empresarial a uma gestão estratégica que permita a valorização de seus ativos e a redução de seus passivos ambientais, com a finalidade de promover a competitividade de seus produtos e serviços nos mercados nacional e internacional, pela demonstração de práticas de eficiência energética, bem como do uso de energia proveniente de fontes não emissoras de carbono, uso sustentável dos recursos naturais e práticas associadas à conservação e manutenção da biodiversidade; 

 

XIII - estimular a implantação de projetos que utilizem o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo - MDL, a fim de que se beneficiem do Mercado de Carbono, decorrente do Protocolo de Kyoto e do Acordo de Paris, e outros mercados similares;

 

XIV - promover a divulgação e a disseminação de dados relativos às mudanças climáticas globais e a biodiversidade; 

 

XV - exercer outras atividades correlatas. 

 

Parágrafo único - O Fórum Baiano de Mudanças Climáticas deverá, no prazo de 120 (cento e vinte) dias, contado a partir da publicação deste Decreto, elaborar Estatuto dispondo sobre o seu funcionamento.” (NR)

 

Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. 

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

João Carlos Oliveira da Silva

Secretário do Meio Ambiente

 

Walter de Freitas Pinheiro

Secretário do Planejamento

João Leão

Secretário de Desenvolvimento Econômico

 

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

Lucas Teixeira Costa

Secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura

 

Nelson Vicente Portela Pellegrino

Secretário de Desenvolvimento Urbano

Marcus Benício Foltz Cavalcanti

Secretário de Infraestrutura

 

Josias Gomes da Silva

Secretário de Desenvolvimento Rural

Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro

Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação

 

 

DECRETO Nº 19.917 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Declara de utilidade pública, para fins de constituição de servidão administrativa, a área de terra que indica.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições e à vista do disposto no inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, na alínea “h” do art. 5º, combinado com o art. 40, ambos do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941, e alterações posteriores, e do que consta no Processo SEI nº 100.0899.2020.0003067-16, da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A - EMBASA, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - Fica declarada de utilidade pública, para fins de constituição de servidão administrativa, a área de terra medindo 164,57m², com as acessões e benfeitorias nela existentes, pertencente a quem de direito, situada na Fazenda Campinhos, na localidade denominada Lagoa do Arroz, no Município de Palmas de Monte Alto - Bahia, conforme estudo e projeto realizados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A - EMBASA, e coordenadas constantes do Anexo Único deste Decreto.

 

Parágrafo único - A área de terra de que trata este artigo destina-se à implantação de Acesso à Torre de Transmissão das Estações Elevatórias de Água Tratada - EEAT II e III da Adutora do Algodão, pertencente ao Sistema Integrado de Abastecimento de Água do Algodão, no Município de Palmas de Monte Alto - Bahia.

 

Art. 2º - Fica a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A - EMBASA autorizada a promover os atos administrativos e judiciais, se necessário em caráter de urgência, com vistas à efetivação da constituição de servidão administrativa de que trata este Decreto, e a imitir-se na posse respectiva, providenciando, inclusive, a liquidação e o pagamento da indenização, utilizando-se, para tanto, dos recursos de que dispuser.

 

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

 


 

ANEXO ÚNICO

 

Cálculo Analítico de Área. Azimute. Coordenadas SIRGAS

 

IMÓVEL: Acesso à Torre de Transmissão das Estações Elevatórias de Água Tratada - EEAT II e III da Adutora do Algodão

MUNICÍPIO: Palmas de Monte Alto - Bahia

LOCALIDADE: Fazenda Campinhos, na localidade denominada Lagoa do Arroz

Estação

Vante

Coord. Leste (m)

Coord. Norte (m)

Azimute

Dist. (m)

C1

C2

696.839,823

8.422.858,529

249°38'22,6578"

    18,05

C2

C3

696.822,903

8.422.852,250

159°09'12,4075"

    26,42

C3

C4

696.832,304

8.422.827,562

67°28'47,1791"

      4,21

C4

C5

696.836,190

8.422.829,173

338°38'27,7656"

    22,27

C5

C6

696.828,080

8.422.849,911

70°11'02,8605"

    13,96

C6

C1

696.841,210

8.422.854,643

340°21'31,6268"

      4,13

 

 

 

 

 

 

 

 

Área: 164,57m²

Perímetro: 89,02m

 

 

DECRETO Nº 19.918 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Declara de utilidade pública, para fins de constituição de servidão administrativa, a área de terra que indica.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições e à vista do disposto no inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, na alínea “h” do art. 5º, combinado com o art. 40, ambos do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941, e alterações posteriores, e do que consta no Processo SEI nº 100.0899.2020.0002984-20, da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A - EMBASA, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - Fica declarada de utilidade pública, para fins de constituição de servidão administrativa, a área de terra medindo 1.777,63m², com as acessões e benfeitorias nela existentes, pertencente a quem de direito, situada na Fazenda Lastreira, Zona Rural, no Município de Santo Amaro - Bahia, conforme estudo e projeto realizados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A - EMBASA, e coordenadas constantes do Anexo Único deste Decreto.

 

Parágrafo único - A área de terra de que trata este artigo destina-se à implantação de Adutora de Água Bruta, pertencente ao Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Amélia Rodrigues, no Município de Santo Amaro - Bahia.

 

Art. 2º - Fica a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A - EMBASA autorizada a promover os atos administrativos e judiciais, se necessário em caráter de urgência, com vistas à efetivação da constituição de servidão administrativa de que trata este Decreto, e a imitir-se na posse respectiva, providenciando, inclusive, a liquidação e o pagamento da indenização, utilizando-se, para tanto, dos recursos de que dispuser.

 

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

 


 

ANEXO ÚNICO

 

Cálculo Analítico de Área. Azimute. Coordenadas SIRGAS

 

IMÓVEL: Adutora de Água Bruta

MUNICÍPIO: Santo Amaro - Bahia

LOCALIDADE: Fazenda Lastreira, Zona Rural

 

Estação

Vante

Coor. Leste (m)

Coor. Norte (m)

Azimute

Dist. (m)

V1

V2

522.357,0410

8.617.500,9020

27°08'11"

      19,55

V2

V3

522.365,9580

8.617.518,3000

82°18'33"

      31,35

V3

V4

522.397,0220

8.617.522,4950

86°23'01"

      35,31

V4

V5

522.432,2580

8.617.524,7220

66°31'14"

      21,84

V5

V6

522.452,2910

8.617.533,4240

181°05'36"

      21,96

V6

V7

522.451,8720

8.617.511,4700

256°11'16"

      31,28

V7

V8

522.421,4960

8.617.504,0020

266°22'58"

      23,19

V8

V9

522.398,3530

8.617.502,5390

262°13'28"

      17,76

V9

V1

522.380,7550

8.617.500,1360

271°51'00"

      23,73

              Área: 1.777,63m²

              Perímetro: 225,96m

 

 

 

 

 

DECRETO Nº 19.919 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, as áreas de terra que indica.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, à vista do disposto no inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, nas alíneas “e” e “h”, ambas do art. 5º do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941, e alterações posteriores, e do que consta do Processo SEI nº 039.0812.2020.0001571-31, da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - Ficam declaradas de utilidade pública, para fins de desapropriação, as áreas de terra totalizando 490,00m², com as acessões e benfeitorias nelas existentes, pertencentes a quem de direito, situadas nas localidades de Alagadiço, Assentamento Mocó, Ipanema e Setor São Jorge, no Município de Andaraí - Bahia, conforme estudo e projeto realizados pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB e coordenadas constantes dos Anexos I a VIII deste Decreto.

 

Parágrafo único - As áreas de terra de que trata este artigo destinam-se à implantação de Elevatória, Reservatório e Filtro, pertencentes ao Sistema de Abastecimento de Água das localidades de Alagadiço, Assentamento Mocó, Ipanema e Setor São Jorge, no Município de Andaraí - Bahia.

 

Art. 2º - Fica a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, autorizada a promover os atos administrativos e judiciais, se necessário em caráter de urgência, com vistas à efetivação da desapropriação de que trata este Decreto, e a imitir-se na posse respectiva, providenciando, inclusive, a liquidação e o pagamento da indenização, utilizando-se, para tanto, dos recursos de que dispuser.

 

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

 


ANEXO I

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: ALAGADIÇO

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8609005,5

284150,5

90°00'00"

7,00m

M02

M03

8609005,5

284157,5

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8608998,5

284157,5

270°00'00"

7,00m

M04

MOI

8608998,5

284150,5

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

 

 

 

 

ANEXO II

 

 Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO E FILTRO

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: ALAGADIÇO

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8609005,08

284147,17

90°00'00"

 14,00m

M02

M03

8609005,08

284161,17

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8608998,08

284161,17

270°00'00"

14,00m

M04

MOI

8608998,08

284147,17

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 42,00m

Área total = 98,00m² - 0,00980ha

 


 

ANEXO III

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: ASSENTAMENTO MOCÓ

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8611353,5

273030,5

90°00'00"

7,00m

M02

M03

8611353,5

273037,5

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8611346,5

273037,5

270°00'00"

7,00m

M04

MOI

8611346,5

273030,5

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

 

 

 

 

ANEXO IV

 

 Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: ASSENTAMENTO MOCÓ

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8609667,5

273212,5

90°00'00"

  7,00m

M02

M03

8609667,5

273219,5

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8609660,5

273219,5

270°00'00"

7,00m

M04

MOI

8609660,5

273212,5

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

 


 

 

ANEXO V

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: IPANEMA

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8616361,5

     282346,5

90°00'00"

7,00m

M02

M03

8616361,5

282353,5

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8616354,5

282353,5

270°00'00"

7,00m

M04

MOI

8616354,5

282346,5

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

 

 

 

 

ANEXO VI

 

 Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: IPANEMA

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8615569,5

      281190,5

90°00'00"

  7,00m

M02

M03

8615569,5

281197,5

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8615562,5

281197,5

270°00'00"

7,00m

M04

MOI

8615562,5

281190,5

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha


 

ANEXO VII

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: SETOR SÃO JORGE

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8610937,5

      262685,5

90°00'00"

7,00m

M02

M03

8610937,5

262692,5

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8610930,5

262692,5

270°00'00"

7,00m

M04

MOI

8610930,5

262685,5

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

 

 

 

 

ANEXO VIII

 

 Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO E FILTRO

MUNICÍPIO: ANDARAÍ

LOCALIDADE: SETOR SÃO JORGE

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

Estação

Vante

Coord. Norte (m)

Coord. Este (m)

Azimute

Distância

M01

M02

8615025,5

262603

90°00'00"

 14,00m

M02

M03

8615025,5

262617

180°00'00"

7,00m

M03

M04

8615018,5

262617

270°00'00"

14,00m

M04

MOI

8615018,5

262603

360°00'00"

7,00m

 Perímetro = 42,00m

Área total = 98,00m² - 0,00980ha

 

DECRETO Nº 19.920 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, as áreas de terra que indica.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, à vista do disposto no inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, nas alíneas “e” e “h”, ambas do art. 5º do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941, e alterações posteriores, e do que consta do Processo SEI nº 039.0812.2020.0001768-61, da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - Ficam declaradas de utilidade pública, para fins de desapropriação, as áreas de terra totalizando 900,00m², com as acessões e benfeitorias nelas existentes, pertencentes a quem de direito, situadas nas localidades de Estreito e Núcleo Habitacional II, no Município de Urandi - Bahia, conforme estudo e projeto realizados pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB e coordenadas constantes do Anexos I e II deste Decreto.

 

Parágrafo único - As áreas de terra de que trata este artigo destinam-se à implantação de Estação de Tratamento de Água e Reservatório, pertencentes ao Sistema de Abastecimento de Água das localidades de Estreito e Núcleo Habitacional II, no Município de Urandi - Bahia.

 

Art. 2º - Fica a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, autorizada a promover os atos administrativos e judiciais, se necessário em caráter de urgência, com vistas à efetivação da desapropriação de que trata este Decreto, e a imitir-se na posse respectiva, providenciando, inclusive, a liquidação e o pagamento da indenização, utilizando-se, para tanto, dos recursos de que dispuser.

 

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

 


ANEXO I

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA 

MUNICÍPIO: URANDI

LOCALIDADE: ESTREITO

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 45°00"

 

=======================================================

Estação            Vante   Coord. Norte(m)   Coord. Este(m)   Azimute   Distância

=======================================================

 

M01     M02     8359953,57     735754,54         90°00'00"     30,00m

M02     M03     8359953,57     735784,54      180°00'00"      20,00m

M03     M04     8359933,57     735784,54      270°00'00"      30,00m

M04     M01     8359933,57     735754,54      360°00'00"      20,00m

=======================================================

Perímetro = 100,00m

Área total = 600,00m2 - 0,06000 ha

=======================================================

 

 

 

ANEXO II

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO

MUNICÍPIO: URANDI

LOCALIDADE: NÚCLEO HABITACIONAL II

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 45°00"

 

=====================================================

Estação            Vante   Coord. Norte(m)  Coord. Este(m)  Azimute    Distância

=====================================================

 

M01     M02     8346254,16     731957,08       90°00'00"       20,00m

M02     M03     8346254,16     731977,08       180°00'00"      15,00m

M03     M04     8346239,16     731977,08       270°00'00"      20,00m

M04     M01     8346239,16     731957,08       360°00'00"      15,00m

====================================================

Perímetro = 70,00m

Área total = 300,00m2- 0,03000ha

====================================================

 

DECRETO Nº 19.921 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, a área de terra que indica.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, à vista do disposto no inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, nas alíneas “e” e “h”, ambas do art. 5º do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941, e alterações posteriores, e do que consta do Processo SEI nº 039.0812.2020.0001768-61, da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - Fica declarada de utilidade pública, para fins de desapropriação, a área de terra medindo 300,00m², com as acessões e benfeitorias nela existentes, pertencente a quem de direito, situada na localidade de Núcleo Habitacional III, no Município de Sebastião Laranjeiras - Bahia, conforme estudo e projeto realizados pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB e coordenadas constantes do Anexo Único deste Decreto.

 

Parágrafo único - A área de terra de que trata este artigo destina-se à implantação de Reservatório, pertencente ao Sistema de Abastecimento de Água da localidade de Núcleo Habitacional III, no Município de Sebastião Laranjeiras - Bahia.

 

Art. 2º - Fica a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, autorizada a promover os atos administrativos e judiciais, se necessário em caráter de urgência, com vistas à efetivação da desapropriação de que trata este Decreto, e a imitir-se na posse respectiva, providenciando, inclusive, a liquidação e o pagamento da indenização, utilizando-se, para tanto, dos recursos de que dispuser.

 

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento

 


ANEXO ÚNICO

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO

MUNICÍPIO: SEBASTIÃO LARANJEIRAS

LOCALIDADE: NÚCLEO HABITACIONAL III

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 45°00"

 

=======================================================

Estação            Vante   Coord. Norte(m)    Coord. Este(m)   Azimute  Distância

=======================================================

M01     M02     8368086,17           728394,81           90°00'00"             20,00m

M02     M03     8368086,17           728414,81        180°00'00"              15,00m

M03     M04     8368071,17           728414,81        270°00'00"              20,00m

M04     M01     8368071,17           728394,81        360°00'00"              15,00m

======================================================

Perímetro = 70,00m

Área total = 300,00m2 - 0,03000ha

======================================================

 

 

DECRETO Nº 19.922 DE 14 DE AGOSTO DE 2020

 

Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, as áreas de terra que indica.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, à vista do disposto no inciso V do art. 105 da Constituição Estadual, nas alíneas “e” e “h”, ambas do art. 5º do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941, e alterações posteriores, e do que consta do Processo SEI nº 039.0812.2020.0001572-11, da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento,

 

D E C R E T A

 

Art. 1º - Ficam declaradas de utilidade pública, para fins de desapropriação, as áreas de terra totalizando 931,00m², com as acessões e benfeitorias nelas existentes, pertencentes a quem de direito, situadas nas localidades de Lagoa dos Pereiras, Pau Ferro, Pedra Preta, Poço Vermelho, Poços e Serra dos Pombos, no Município de Anagé - Bahia, conforme estudo e projeto realizados pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB e coordenadas constantes dos Anexos I a XIII deste Decreto.

 

Parágrafo único - As áreas de terra de que trata este artigo destinam-se à implantação de Elevatória, Poço de Sucção, Reservatório e Unidade de Dessalinização, pertencentes ao Sistema de Abastecimento de Água das localidades de Lagoa dos Pereiras, Pau Ferro, Pedra Preta, Poço Vermelho, Poços e Serra dos Pombos, no Município de Anagé - Bahia.

 

Art. 2º - Fica a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia - CERB, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, autorizada a promover os atos administrativos e judiciais, se necessário em caráter de urgência, com vistas à efetivação da desapropriação de que trata este Decreto, e a imitir-se na posse respectiva, providenciando, inclusive, a liquidação e o pagamento da indenização, utilizando-se, para tanto, dos recursos de que dispuser.

 

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 14 de agosto de 2020.

 

RUI COSTA

Governador

 

Carlos Mello

Secretário da Casa Civil em exercício

Leonardo Góes Silva

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento


ANEXO I

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANAGÉ

LOCALIDADE: LAGOA DOS PEREIRAS

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

===============================================================

Estação   Vante           Coord. Norte(m)         Coord. Este(m)        Azimute         Distância

===============================================================

  M01        M02              8396909,6                 297160,39                90°00'00"        7,00m

  M02        M03              8396909,6                 297167,39              180°00'00"        7,00m

  M03        M04              8396902,6                 297167,39             270°00'00"         7,00m

  M04        M01              8396902,6                 297160,39              360°00'00"        7,00m

===============================================================

Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

===============================================================              

 

 

ANEXO II

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA E POÇO DE SUCÇÃO

MUNICÍPIO: ANAGÉ

LOCALIDADE: LAGOA DOS PEREIRAS

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

==============================================================

Estação        Vante      Coord. Norte(m)         Coord. Este(m)      Azimute        Distância

==============================================================

  M01           M02             8396914,05              297698,92               90°00'00"        14,00m

  M02           M03             8396914,05              297712,92             180°00'00"           7,00m

  M03           M04             8396907,05              297712,92             270°00'00"        14,00m

  M04           M01             8396907,05              297698,92             360°00'00"           7,00m

==============================================================

Perímetro = 42,00m

Área total = 98,00m² - 0,00980ha                  

==============================================================


ANEXO III

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO

MUNICÍPIO: ANAGÉ

LOCALIDADE: LAGOA DOS PEREIRAS

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL : 39°00"

 

=============================================================

Estação     Vante         Coord. Norte(m)         Coord. Este(m)        Azimute     Distância

=============================================================

  M01          M02          8396069,04                 298874,47                90°00'00"     7,00m

  M02          M03          8396069,04                 298881,47              180°00'00"     7,00m

  M03          M04          8396062,04                 298881,47              270°00'00"     7,00m

  M04          M01          8396062,04                 298874,47              360°00'00"     7,00m

=============================================================

Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha      

=============================================================

 

 

 

ANEXO IV

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANAGÉ

LOCALIDADE: PAU FERRO

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL : 39°00"

 

==============================================================

Estação       Vante       Coord. Norte(m)        Coord. Este(m)        Azimute     Distância

==============================================================

  M01           M02             8391216,95            317578,66                90°00'00"        7,00m

  M02           M03             8391216,95            317585,66              180°00'00"        7,00m

  M03           M04             8391209,95            317585,66              270°00'00"        7,00m

  M04           M01             8391209,95            317578,66              360°00'00"        7,00m

==============================================================

Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

==============================================================


ANEXO V

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO E UNIDADE DE DESSALINIZAÇÃO

MUNICÍPIO: ANAGÉ

LOCALIDADE: PAU FERRO

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL : 39°00"

 

============================================================

Estação      Vante        Coord. Norte(m)     Coord. Este(m)       Azimute      Distância

============================================================

  M01          M02            8391529,3               317833,31             90°00'00"      14,00m

  M02          M03            8391529,3               317847,31           180°00'00"        7,00m

  M03          M04            8391522,3               317847,31          270°00'00"      14,00m

  M04          M01            8391522,3               317833,31           360°00'00"        7,00m

============================================================

Perímetro = 42,00m

Área total = 98,00m² - 0,00980ha

============================================================

 

 

ANEXO VI

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: ELEVATÓRIA

MUNICÍPIO: ANAGÉ

LOCALIDADE: PEDRA PRETA

DATUM: WGS-84

MERIDIANO CENTRAL: 39°00"

 

==========================================================

Estação     Vante      Coord. Norte(m)      Coord. Este(m)     Azimute      Distância

  M01        M02          8395171,02            306095,78           90°00'00"       7,00m

  M02        M03          8395171,02            306102,78         180°00'00"       7,00m

  M03        M04          8395164,02            306102,78         270°00'00"       7,00m

  M04        M01          8395164,02            306095,78         360°00'00"       7,00m

==========================================================

Perímetro = 28,00m

Área total = 49,00m² - 0,00490ha

==========================================================


ANEXO VII

 

Cálculo Analítico de Área, Azimute, Lados, Coordenadas Geográficas e UTM

 

IMÓVEL: RESERVATÓRIO E UNIDADE DE DESSALINIZAÇÃO

MUNICÍPIO: ANAGÉ